sidemenu-retrato-IAIS.png

Malta!

Bem-vindos ao I am Isabel Silva. Escrevo sobre a minha vida, os meus alimentos, as minhas corridas, o meu Caju. Espero que desfrutem.

Vejam este meu look e acabem com a ideia de que não se pode misturar azul escuro e preto

Vejam este meu look e acabem com a ideia de que não se pode misturar azul escuro e preto

As escolhas menos prováveis são também as mais arriscadas, e eu gosto de dar tudo num look.

Há certas combinações que, por serem tão improváveis, se tornam nas minhas favoritas. Depois de vos ter mostrado um look onde combinei o cor de rosa com vermelho, desta vez mostro-vos um novo conjunto onde uso duas das cores que mais gosto de ver juntas: o azul escuro e o preto. 

Se não prestarem atenção, este vestido incríBel da Max Mara — podem encontrá-lo nas lojas do Porto e de Cascais —, pode parecer que é todo da mesma cor, mas na verdade tem dois tons que, para mim, se complementam na perfeição. Já vos disse que gosto de fazer escolhas arriscadas e irreverentes, mas há momentos em que prefiro usar peças mais sóbrias mas igualmente bonitas e elegantes. 

19112018-0L5A0270_0000_Camada 8.jpg
19112018-0L5A0270_0001_Camada 7.jpg

Talvez vocês não saibam isto, malta, mas eu não tenho assim tanta roupa. Prefiro ter menos peças e ir usando aquelas que sei que gosto mesmo, em vez de passar horas e horas a tentar decidir o que vestir. E olhem que, mesmo assim, também passo por dias de indecisão. Este vestido, que foi oferecido pela minha mãe, é perfeito para esses dias. É fácil de conjugar e, tal como a maioria das roupas que tenho, adapta-se bem a qualquer situação.

Mas há outras coisas de que gosto muito nele, para além da sua versatilidade. É que este é um vestido mas, na verdade, parece uma camisola, e eu adoro este tipo de peças. Como sou sou baixinha, ele assenta-me ligeiramente acima do joelho, o que dá a ilusão de que sou mais alta, tal como eu gosto. Além disso, é uma daquelas malhas quentinhas que parece quase como uma camisola de pijama, tal como o vestido que usei no Natal e já vos mostrei aqui no blog.

19112018-0L5A0270_0008_Camada 0.jpg

Para completar, escolhi estas botas da Bimba y Lola — podem encontrá-las no site da marca e aproveitar que ainda estão em saldo — que complementam na perfeição este vestido. O tom é bastante neutro e o próprio formato da bota é ideal para o que quero conseguir com este look. É que estas botas, por serem daqueles modelos que ficam entre a canela e o início do gémeo, dão a ilusão de que tenho a perna mais longa. Além disso, têm um pouco de plataforma, o que ajuda ainda mais uma pessoa pequenina como eu.

Outra das coisas de que mais gosto em todo este conjunto é a bolsa que tenho à cintura. Como me faz confusão andar com carteiras ao ombro ou a tira colo, sempre que não estou com mochilas prefiro usar este tipo de bolsa. Assim não tenho de me preocupar em segurar a mala e posso ter as mãos livres para me mexer à vontade, e vocês sabem o quanto eu adoro mexer-me, certo?

19112018-0L5A0270_0006_Camada 2.jpg
19112018-0L5A0270_0005_Camada 3.jpg

No dia em que comecei a pensar nesta sessão soube imediatamente que queria ser fotografada no Jardim da Estrela. É uma das minhas zonas preferidas em Lisboa e dá um cenário incríBel, tal como podem ver nas fotos que a Joana Lemos me tirou. Escolhemos tirar algumas fotografias no coreto que está no jardim e não podia estar mais feliz com o resultado. Se precisarem de um sítio para tirar chapas já sabem onde ir, pessoal.

AGRADECIMENTOS

Max Mara Porto e Cascais

Sparkl

FOTOGRAFIA E EDIÇÃO 

Joana Lemos

Fui espreitar para dentro da marmita dos senhores da obras. Vejam o que descobri

Fui espreitar para dentro da marmita dos senhores da obras. Vejam o que descobri

Esta é a melhor lasanha do mundo. E eu digo-vos onde é que a podem comer

Esta é a melhor lasanha do mundo. E eu digo-vos onde é que a podem comer