sidemenu-retrato-IAIS.png

Malta!

Bem-vindos ao I am Isabel Silva. Escrevo sobre a minha vida, os meus alimentos, as minhas corridas, o meu Caju. Espero que desfrutem.

Os IncríBeis curaram a minha gripe no primeiro treino de 2019

Os IncríBeis curaram a minha gripe no primeiro treino de 2019

Estava doente, em baixo e sem forças para correr, mas esta energia conseguiu tirar-me todas as dores que tinha para fazer este treino, que foi o mais especial de sempre. 

Sábado à noite, véspera do treino d’Os IncríBeis. Estava tudo marcado e não podia estar mais entusiasmada para começar o ano a motivar este meu grupo de corridas. Mas, nessa noite, comecei a sentir alguma fraqueza e a perceber que estava a ficar engripada. 

Como sabia que ia ter o treino na manhã seguinte, bem cedinho, preparei logo a minha bebida dourada, o Macaccino Gold — já partilhei a receita convosco, podem espreitar aqui —, que é anti-inflamatório e dá logo um boost extra de energia. Quando acordei, continuava com dores no corpo, sentia-me fraca e derrotada. Ataquei logo com uma bebida vegetal com curcuma e gengibre, agasalhei-me e lá fui até Alcântara, já com a ideia de que só ia fazer uma caminhada. 

Tudo mudou assim que cheguei perto dos meus IncríBeis. Assim que vi toda a gente contente, a sorrir e a chamar por mim alguma coisa mudou. Foi um daqueles momentos inexplicáveis, sabem, malta? As dores no corpo foram desaparecendo e até disse ao João Catalão que estava pronta para correr aqueles dez quilómetros ao lado dos IncríBeis. Claro que nunca seria ao mesmo ritmo, mas fui bem agasalhada e lá consegui chegar ao fim. 

PHOTO-2019-01-29-18-57-21 14.jpg
PHOTO-2019-01-29-18-57-21 24.jpg

Este foi o primeiro treino do ano, o regresso a esta rotina saudável que temos vindo a construir juntos e que tem ganho cada vez mais forma. À medida que o tempo vai passando há cada vez mais IncríBeis que se querem juntar a nós. E vocês podem ainda não ter percebido isto, mas o que faz de vocês um IncríBel não é o facto de conseguirem correr os dez quilómetros. É a vossa força de vontade e a coragem para enfrentarem o desafio, faça chuva, frio ou sol. É terem vontade de sair da cama para se juntarem a esta comunidade de runners e sentirem-se inspirados e com energia para partilhar este hábito de desporto que nos faz tão bem. 

Cada vez mais tenho pessoas a falarem comigo sobre estes treinos. Umas dizem “Belinha, não tenho ido aos treinos porque não consigo correr os dez quilómetros”, outras contam que conseguem correr “mas dez quilómetros é muito para mim” e outras só querem mesmo fazer uma caminhada ao nosso lado.

PHOTO-2019-01-29-18-57-21 31.jpg
PHOTO-2019-01-29-18-57-21 26.jpg
PHOTO-2019-01-29-18-57-21 50.jpg

Sempre tentei passar a mensagem de que qualquer pessoa podia juntar-se a nós, ao seu ritmo, até porque eu vou estar sempre lá, e nunca me vou embora sem todos terem terminado o seu treino. Mas para não haver desculpas, deste vez decidi, juntamente com a EDP, organizar um treino de dez quilómetros e uma caminhada de cinco quilómetros. E querem acreditar que estavam mais de 50 pessoas à nossa espera? 

Fizemos o treino e, para terminar em beleza, ainda preparámos uma surpresa muito especial para todos. Tal como fizemos no último treino d’Os IncríBeis, em que ofereci dorsais para o Grande Prémio de Natal de 2018 — espreita aqui como foi a prova —, desta vez juntei-me novamente à energia incríBel da EDP para oferecer cinco dorsais para a Mini e para a Meia Maratona de Lisboa. As pessoas ficaram tão felizes e, agora, já têm mais uma motivação para manterem o foco e continuarem a treinar até à prova. 

Mas calma, malta, se vocês não ganharam uma dorsal também se podem inscrever nesta prova. Acontece a 17 de março e a partir das 10h30 da manhã vamos partir juntos para percorrer os 21 quilómetros entre a Ponte 25 de Abril, do lado de Almada, e o Mosteiro dos Jerónimos, em Belém. Se ainda não se inscreveram, passem pelo site da EDP e garantam já o vosso lugar na prova. Para quem não corre, há também uma mini maratona de sete quilómetros, também entre a Ponte e o Mosteiro dos Jerónimos.

PHOTO-2019-01-29-18-57-21 13.jpg
PHOTO-2019-01-29-18-57-21 21.jpg
foto12312.jpg

Claro que, para terminar o nosso treino em grande, a minha água perfeita da Acqualife também esteve lá. Vocês já sabem como esta água faz parte da minha vida e eu adoro a filosofia saudável que eles promovem. Acredito mesmo que a água alcalina é a melhor do mundo, e como gosto de partilhar as coisas boas com quem me acompanha, tenho sempre a Acqualife nos meus treinos para os meus IncríBeis. Em breve também vou partilhar um artigo convosco sobre os benefícios da água alcalina e tenho um passatempo super especial para vocês.

Além disso, falei também com o Tiago Tresca, um dos sócio do Natural Crave, que é meu amigo e também adora correr, para se juntar a nós e trazer umas barras probióticas com ele para o final do treino. Depois, e sem ter pedido nada, apareceu um rapaz que trouxe bananas para todos. Na verdade eu não lhe pedi nada, mas ele quis trazer por pensar que as pessoas iam gostar. Foi mais um miminho que tornou esta corrida tão especial. Com pouco se faz tanto, não é verdade? 

PHOTO-2019-01-29-18-57-21 16.jpg
PHOTO-2019-01-29-18-57-21 47.jpg
PHOTO-2019-01-29-18-57-21 48.jpg

Sabem uma coisa? É nestes momentos que percebo que toda esta energia que tenho não vem só da comida nem das corridas. Vem também de vocês. Deste carinho e destas pessoas inacreditáveis que tanto me inspiram e que, só pelo facto de estarem presentes, me dão vontade de fazer mais e melhor. Vocês curaram a minha gripe, malta, e nem sequer se aperceberam disso. É mesmo verdade quando digo que este treino foi, talvez, o mais especial de todos, mesmo por causa disso. São momentos destes que me fazem ter vontade de fazer mais e, quem sabe, qualquer dia não começo a fazer dois treinos por mês. Que me dizem?

AGRADECIMENTOS

Acqualife

Natural Crave

VIDEO E EDIÇÃO

Rodolfo Franco

Fui espreitar as obras do meu EFIT e levei a marmita para os senhores das obras

Fui espreitar as obras do meu EFIT e levei a marmita para os senhores das obras

Fui espreitar para dentro da marmita dos senhores da obras. Vejam o que descobri

Fui espreitar para dentro da marmita dos senhores da obras. Vejam o que descobri