sidemenu-retrato-IAIS.png

Malta!

Bem-vindos ao I am Isabel Silva. Escrevo sobre a minha vida, os meus alimentos, as minhas corridas, o meu Caju. Espero que desfrutem.

Obrigado pela surpresa. IncríBeis são todos vocês

Obrigado pela surpresa. IncríBeis são todos vocês

Na última corrida antes da EDP Meia Maratona de Lisboa, estivemos todos juntos a partilhar este momento tão especial. No final, ainda tivemos uma grande surpresa.


Por esta altura, não preciso de vos dizer como treinar com os meu IncríBeis é especial para mim. É uma alegria cada vez que marco uma data, começo a ficar cada vez mais ansiosa quando o dia está a chegar para saber o que vai acontecer e, a cada treino que passa, tenho surpresas cada vez maiores que me enchem sempre o coração.  

O treino deste domingo, 24 de fevereiro, foi ainda mais especial. É que desta vez desafiei os EDP Runners a juntarem-se aos IncríBeis para, juntos, corrermos estes 10 quilómetros lado a lado. Assim que cheguei, senti uma alegria muito grande. É que além dos EDP Runners e dos meus IncríBeis, percebi que estava ali muita gente nova. É muito reconfortante para mim saber que, à medida que os treinos vão acontecendo, aparecem cada vez mais pessoas que se juntam a nós, e pessoas tão diferentes umas das outras. 

Tudo isto prova que o mais importante, no fundo, não é só a corrida, mas sim juntar uma comunidade de pessoas ativas que partilham o prazer pelas atividades ao ar livre. Neste treino, tive a prova que elas se sentem inspiradas com a nossa energia e por isso vão-se juntando a nós.

349.jpg
353.jpg

Neste domingo, por exemplo, apareceu uma senhora com os seus 60 anos que é do Luxemburgo e costuma correr 10 quilómetros em casa. Como veio passar férias a Portugal e soube que havia treino d’Os IncríBeis, juntou-se a nós e trouxe a família toda. Depois, encontrei também outra família em que o pai era corredor, a mulher fazia caminhadas e, por isso, também quis vir andar os cinco quilómetros. Com eles, vieram os dois filhos, que jogam futebol, e que nos acompanharam durante todo o percurso. 

Por outro lado, também vi muitas meninas com 23 e 24 anos que nunca tinham corrido e estavam ali para fazer um treino peça primeira vez. Apareceu também uma outra senhora que estava habituada a correr sete quilómetros mas, neste dia, resolveu arriscar e fazer os dez connosco. 

Também foi interessante perceber que todos aqueles que apareceram nos treinos anteriores continuam a vir, o que significa que gostam mesmo da boa energia que se vive nestes treino. E eu acho, sinceramente, que estamos aqui a criar uma família e até já temos alguns rituais que se destacam pela positiva. Por exemplo, eu combino sempre encontrarmo-nos meia hora antes dos treinos começarem. Porquê? Porque faço questão de falar com toda a gente e perceber o que é os motivou a estarem ali. Depois, às 10 horas arrancamos e nota-se que existem vários grupo. Cada um com o seu passo, uns a fazerem a corrida, outros que se ficam pela caminhada. 

Outra coisa que notei neste treino é que temos cada vez mais cão-panheiros. Isto é, cães que vão fazer os treinos ao lado dos seus donos, e acho que isso também acontece porque o meu Caju vem sempre comigo. Na verdade, o Caju não corre os 10 quilómetros, mas está sempre presente e acompanha-nos durante uma parte do percurso. 

374.jpg
378.jpg

No final, como sempre, tivemos a água perfeita da Acqualive para hidratar, para alongar e para tirar umas fotografias, mais alguns dos rituais que fomos criando e continuamos a partilhar em todos os treinos. É sobretudo este convívio que me faz feliz e sinto que esta é uma boa oportunidade para todas aquelas pessoas que, habitualmente, correm sozinhas durante a semana de terem alguém que lhes faça companhia e as motive a darem o melhor de si. 

Também adorei estar a partilhar este momento com os EDP Runners, e principalmente porque este foi o último treino antes da EDP Meia Maratona de Lisboa — se ainda não se inscreveram, podem fazê-lo aqui, ainda há inscrições disponíveis —, em que vamos estar todos juntos, mais uma vez.  

Para terminar em grande, a EDP preparou-nos uma surpresa muito especial para o final deste treino. Quando chegámos, tínhamos à nossa espera uma equipa pronta para nos fazer uma massagem às costas. Malta, há lá coisa melhor do que, depois de um treino, um corredor ter acesso a uma massagem? 

Estou muito feliz e de coração cheio, pessoal. Somos cada vez mais IncríBeis e os que eu já conheço têm vindo sempre e isso é sinal que o grupo está a crescer de forma coerente e crescente o que me deixa muito satisfeita porque, o mais importante, para mim, é as pessoas perceberem que a atividade física, seja a corrida ou a caminhada, principalmente ao ar livre, traz boas sensações e torna as pessoas mais felizes. No que eu poder contribuir para espalhar essa felicidade, cá estarei, sempre. Por isso é que estes treinos d'Os incríBeis vai continuar a acontecer. Para já, uma vez por mês, no próximo, quem sabe se não marcamos para mais vezes durante o mês. 

Agora uma coisa é certa, runners, porque vocês me pediram e eu estou desejosa, já estou a pensar no próximo treino dos IncríBeis, que vai ter mergulho no mar no final. Além disso, não me esqueci dos vossos pedidos, malta do Norte. Os IncríBeis estão quase, quase a chegar, tal como vos tinha prometido. Espero que estejam prontos para vos receber porque, em breve, vou partilhar novidades. 

AGRADECIMENTOS

Acqualive

VIDEO E EDIÇÃO

Rodolfo Franco

Estes documentários não mudam o mundo, mas podem mudar a nossa visão sobre ele

Estes documentários não mudam o mundo, mas podem mudar a nossa visão sobre ele

Querem saber onde é que vou buscar a minha energia? Vou contar-vos tudo neste workshop

Querem saber onde é que vou buscar a minha energia? Vou contar-vos tudo neste workshop