sidemenu-retrato-IAIS.png

Malta!

Bem-vindos ao I am Isabel Silva. Escrevo sobre a minha vida, os meus alimentos, as minhas corridas, o meu Caju. Espero que desfrutem.

É assim que mantenho o meu cabelo suave e bonito durante o verão

É assim que mantenho o meu cabelo suave e bonito durante o verão

Corro ao sol, dou mergulhos no mar e trabalho em televisão, onde se usam várias ferramentas de calor. Mas a verdade é esta: o meu cabelo está sempre bem cuidado.

O meu cabelo já passou por muitas fases ao longo da vida. Sou loura por natureza, já fui ruiva, tive um castanho acobreado mas os louros sempre chamaram por mim, até porque são assim mesmo os meus reflexos naturais. Mas, como todas as louras sabem, ter esta cor implica alguns cuidados, principalmente quando o sol começa a dar o ar de sua graça.

Pratico bastante desporto e, por isso, sinto a necessidade de lavar o cabelo todos os dias, e tenho a particularidade de fazer exercício tanto indoor como outdoor. Como bem sabem, quando faço desporto ao ar livre, nas minhas corridas e treinos, o que acontece é que todo o meu corpo, inclusive o cabelo, está mais exposto ao sol. Além disso, uma vez por semana, faça chuva, sol, frio ou vento, dou um mergulho no mar. Ora o que é que isto significa para o meu cabelo? É que ele passa todo o ano exposto ao sol, ao sal e a diferentes temperaturas. Logo, os cuidados têm de ser redobrados.

Ao longo dos anos e depois de já ter passado por tantas fases com o meu cabelo, aprendi alguns truques que fazem toda a diferença e, grande parte deles, foram-me ditos pela minha cabeleireira, a Joana, do Hair Fusion. É nela que confio e a verdade é que todas as dicas que ela me tem dado até hoje têm resultado comigo.

Como muita gente me pergunta como é que consigo ter o cabelo tão bem tratado, hoje venho partilhar convosco algumas das coisas que costumo fazer para manter o cabelo bem tratado, com um aspeto bonito e brilhante, principalmente na altura do verão.

Lavar o cabelo com água fria

Além de dar o meu mergulho no mar, onde a água é naturalmente mais fria do que a do chuveiro, quando lavo o cabelo em casa uso sempre água fria. Na verdade, tomo sempre duches com água fria, por uma questão de hábito. Gosto da sensação do corpo mais fresco e até sinto que, no final, ele está mais rijo. Uma das coisas boas de usar água fria é que as cutículas que fazem parte da estrutura do nosso cabelo, e que com o calor tendem a abrir, são fechadas, e isso faz com que todos os produtos de hidratação que possamos usar, como o condicionador ou a máscara, atuem com maior eficácia e, claro, deixem o cabelo mais hidratado e bonito.

Evitar usar o secador

Outra das coisas que costumo fazer, principalmente na altura do verão, é não usar o secador. Como trabalho em televisão, estou muitas vezes exposta ao calor de secadores e modeladores de cabelo que acaba por causar danos a longo prazo. Por isso, na minha rotina habitual, prefiro sempre secar o cabelo ao ar livre, o que ajuda e muito a mantê-lo bem cuidado.

Usar menos (mas bons) produtos

Se na roupa e na comida sou apologista do “menos é mais”, para o meu cabelo sigo o mesmo princípio. Uso poucos produtos, champô, condicionador e, uma a duas vezes por semana, uma máscara de cabelo, mas sei exatamente aqueles que funcionam comigo e com o meu tipo de cabelo. Normalmente, tenho sempre alguns produtos da Ultra Suave, porque sei que resultam e consigo os resultados que quero, e neste momento estou a usar a nova linha de produtos de Leite de Coco e Macadâmia, que tem um cheirinho incríBel.

unnamed-1.jpg

Beber muita água

Quem me conhece sabe que ando sempre com, pelo menos, uma garrafa de água perfeita dentro da mala — há dias em que, se sei que vou estar muitas horas fora, até levo duas. Estou sempre a beber água e, enquanto desportista, sei que tenho sempre de manter o meu corpo bem hidratado e chego a beber três litros por dia, o que também é ótimo para o meu cabelo porque hidrata o couro cabeludo e os fios de dentro para fora.

Não esquecer a hidratação

Uma das coisas que a Joana sempre me disse foi que a hidratação era fundamental, é por isso que, uma a duas vezes por semana, uso uma máscara no meu cabelo, normalmente, uma das da Ultra Suave, que já fazem parte do meu dia a dia. Neste momento, estou a usar a de Leite de Coco e Macadâmia, mas vou sempre variando consoante as novidades que vão chegando.

Treinar com máscara

Ando sempre de um lado para o outro e, muitas vezes, não tenho tempo para estar duas horas com uma máscara em casa. Falei com a Joana sobre isto e ela deu-me uma sugestão para quando tenho o cabelo mais seco: usar a máscara enquanto estou a correr. Antes de sair de casa, coloco a máscara de Leite de Coco e Macadâmia pelo cabelo, prendo tudo muito bem e lá vou fazer o meu treino. Depois, quando dou o meu mergulho no mar ou tomo banho em casa, ao fim de duas ou três horas com a máscara, sinto mesmo que o cabelo está mais nutrido, suave e brilhante. Se quiserem rentabilizar o vosso tempo, já sabem.

52676863_2366905836922960_24894032148070656_n (1).jpg
db1a249a-8971-48e6-9279-da0de99b3f86.jpg

Cortar regularmente

Com a quantidade de vezes que tenho o cabelo exposto ao sol, ao sal do mar e aos secadores de cabelo no trabalho, sinto sempre a necessidade de cortar o cabelo mais vezes. É por isso que, pelo menos uma vez por mês, passo no Hair Fusion e peço à Joana para me aparar as pontas. A verdade é que, depois disso, sinto logo o cabelo mais solto e leve, sem pontas partidas.

Fazer hidratações profundas

Tenho muitos cuidados com o cabelo em casa, é certo, mas sempre que vou ao salão cortar as pontas acabo sempre por fazer uma hidratação mais profunda. Para mim, este é o complemento perfeito a todos os cuidados que tenho em casa e ajuda muito a manter o meu cabelo bem tratado.

Como uma prova que não correu bem foi uma das melhores experiências da minha vida

Como uma prova que não correu bem foi uma das melhores experiências da minha vida

A Zipline vai nascer para o ano na Nazaré

A Zipline vai nascer para o ano na Nazaré