sidemenu-retrato-IAIS.png

Malta!

Bem-vindos ao I am Isabel Silva. Escrevo sobre a minha vida, os meus alimentos, as minhas corridas, o meu Caju. Espero que desfrutem.

As quatro receitas saudáveis que vou preparar este Natal

As quatro receitas saudáveis que vou preparar este Natal

Este ano decidi que ia fazer doces com menos açúcar e óleos, mas igualmente deliciosas e incríbeis. Querem saber como? Eu conto-vos tudo.

O Natal é, naturalmente, uma época de excessos. Sendo eu uma doida por doces, assim que começo a sentir o cheirinho de bolo rei ou das filhós da minha mãe, lá vou eu a correr para a cozinha para as provar, ainda quentinhas.

O problema da maioria dos doces de Natal é que estão carregados de açúcar, óleo e outras gorduras que são tudo menos saudáveis para o nosso organismo. Como este ano queria evitar abusar nos doces para não ficar mal disposta a meio da consoada, comecei a pensar se haveria ou não maneira de tornar as receitas de Natal mais saudáveis.

Como não queria arriscar em preparar receitas totalmente falhadas e arruinar o Natal com a família, resolvi falar com quem percebe mesmo disto: o meu Alecrim aos Molhos. No Alecrim já estão em modo natalício e, para que tenhamos uma consoada recheada de doces ótimos e carregados de ingredientes do bem, deram-me quatro receitas de doces de Natal saudáveis que venho partilhar com vocês.

Tomem nota das receitas, malta, e, já sabem, não abusem dos doces nesta quadra!

 Bolo Rainha

_IMG9902.jpg


Ingredientes:

— 500 gr de farinha de espelta branca
— Uma chávena de chá de azeite
— Uma chávena de chá de bebida vegetal morna
— Uma chávena de chá de erva doce
— Uma pitada de sal
— 50 gramas de nozes
— 50 gramas de amêndoas
— 50 gramas de sultanas
— 50 gramas de figos secos
— 50 gramas de alperces secos
— 50 gramas de pinhões
— Raspa de uma laranja
— Canela em pó
— Uma saqueta de fermipan
— Um cálice de vinho do Porto
— Água

Preparação:

Colocar a farinha numa taça, abrir um espaço no meio, juntar o sal, o azeite, o vinho do Porto, o fermento (que deve estar dissolvido no chá morno de erva doce) e misturar tudo com colher de pau.

Acrescentar a bebida vegetal, os frutos secos picados grosseiramente, juntar a raspa de laranja, a canela e acrescentar o chá de erva doce que deve estar à temperatura ambiente, até que a massa não cole nas mãos. Depois da massa pronta, colocar num local quente para levedar durante duas horas.

Fazer um buraco no meio do bolo e levar ao forno durante 25 minutos, a 180 graus, num tabuleiro forrado com papel vegetal untado com um pouco de azeite.

Quando o bolo estiver cozinhado, retirar do forno e decorar a gosto com os alperces secos, os figos secos, nozes e coco ralado. Pincelar tudo com geleia de arroz e levar novamente ao forno até dourar

 

Azevias de batata doce

_IMG0042.jpg

Ingredientes:

Para o recheio

— Um quilo de batata doce
— Canela
— Duas colheres de sopa de de geleia de arroz
— Uma chávena de nozes picadas

Para a massa

— 350 gramas de farinha de espelta branca
— Uma chávena de chá de óleo
— Uma pitada de sal
— Água

Preparação:

Cozer as batatas doces sem casca, com uma pitada de sal e dois paus de canela.

Quando estiverem prontas, escorrer a água e reduzir a puré. Acrescentar a geleia de arroz e as nozes picadas. Deixar a arrefecer.

Fazer a massa juntando a farinha, o óleo e o sal. Por fim, misturar a água e envolver até a massa se soltar das mãos.

Estender a massa com o rolo, cortar círculos e colocar uma colherada de recheio no meio. Fechar a massa, como nos rissois, e calcar à volta com um garfo.

Levar ao forno num tabuleiro forrado com papel vegetal, durante 25 minutos. Cinco minutos antes, abrir o forno e pincelar com geleia de arroz. Deixar ficar no forno até terminar o tempo ou até dourar.

 

Pudim de laranja e especiarias

_IMG0023.jpg

Ingredientes:

— Um litro de bebida de soja ou aveia
— Oito colheres de sopa de amido de milho
— Duas colheres de sopa de alga agar-agar
— Raspa e o sumo de uma laranja
— 10 a 12 colheres de sopa de geleia de arroz
— Um cálice de vinho do Porto (opcional)
— Uma estrela de aniz, dois paus de canela e dois cravos de cabecinha
— Seis a oito colheres de sopa de malte de cevada para caramelizar

Preparação:

Juntar a bebida vegetal, o amido, a alga agar-agar, a raspa e sumo de laranja e triturar bem com a varinha mágica, até obter uma mistura homogénea.

Juntar a geleia de arroz, o vinho do Porto e as especiarias, levar a lume brando, mexendo sempre com uma vara de arames, até engrossar.

Colocar o malte de cevada numa forma de pudim e levar ao lume para caramelizar, rodando sempre para não queimar, mas sem mexer com colher.

Verter o pudim na forma e levar ao frio até solidificar (pelo menos quatro a seis horas).

Antes de desenformar, passar a forma por água quente, para derreter um pouco do caramelo.

 

Filhós da avó

_IMG0052.jpg

Ingredientes:

— Um quilo de farinha de espelta branca
— Três paus de canela
— Três limões
— 75 mililitros de azeite
— Um cálice de vinho do Porto (opcional)
— Água, erva doce, canela e geleia de arroz

Preparação:

Ferver um pouco de água com os paus de canela e a casca dos limões cortada bem fina. Deixar amornar.

Colocar a farinha numa taça grande com uma pitada de sal e a erva doce. Fazer um buraco no meio e verter a água (sem os paus de canela nem a casca dos limões), o azeite e o vinho do Porto e amassar muito bem. Deixar repousar um pouco.

Estender a massa com o rolo até ficar bem fina e cortar em retângulos. Fazer dois a três cortes no meio e colocar num tabuleiro forrado com papel vegetal untado com óleo. Levar ao forno a 180º até tostar.

No final, pode-se polvilhar com açúcar de coco e canela ou fazer uma calda com geleia de arroz, canela, sumo e raspa de laranja.

Feliz Natal a todos!



Esta é a minha camisa preferida e eu conto-vos porquê

Esta é a minha camisa preferida e eu conto-vos porquê

A festa surpresa, o bolo, o banho especial e o look de jantar. Foi assim o aniversário do meu Caju

A festa surpresa, o bolo, o banho especial e o look de jantar. Foi assim o aniversário do meu Caju