sidemenu-retrato-IAIS.png

Malta!

Bem-vindos ao I am Isabel Silva. Escrevo sobre a minha vida, os meus alimentos, as minhas corridas, o meu Caju. Espero que desfrutem.

A magia do “Dança com as Estrelas” acontece no palco mas nasce nos ensaios

A magia do “Dança com as Estrelas” acontece no palco mas nasce nos ensaios

Depois de ter partilhado convosco como foi voltar a pisar aquele palco mágico, mostro-vos como correram os ensaios ao longo da semana. 

Ainda estou em êxtase depois de, no domingo passado, ter voltado a pisar o palco do “Dança com as Estrelas”. Já vos contei aqui no blog como foi voltar a atuar e a felicidade que esse momento me trouxe — podem rever esse artigo aqui —, mas hoje quero contar-vos como é que nasce toda esta magia que vocês vêm. 

Na verdade, vocês aí em casa só conseguem ver o que se passa no momento da atuação, mas a verdade é que para chegarmos a isto há toda uma preparação por trás que acontece ao longo da semana. Já vos expliquei como, para mim, dançar é uma alegria, mas foi um grande privilégio poder voltar a estar com todos os meus amigos bailarinos e com toda esta equipa incríBel, com quem já não estava assim, neste ambiente, desde que deixe o “Dança”, há quatro anos. 

Regressar significa voltar a dançar, claro, mas significa também estar com esta família que me faz tão feliz, de quem já tinha tantas saudades e com quem já não estava há tanto tempo. Significa voltar ao Jazzy Dance Studios de Santos três dias por semana, para ensaiar, e significa também o regresso de momentos únicos de convívio, de palhaçada e de muitas (mesmo muitas) gargalhadas. Graças a este convite para atuar no “Dança”, tive a oportunidade de recordar tudo o que vivi há quatro anos, e digo-vos, malta, faltam-me palavras para descrever esta sensação. 

E como já vos disse tantas vezes aqui no blog, há imagens que valem mais que mil palavras. Por isso, levei o Samuel comigo no nosso último dia de ensaios para gravarmos este vídeo. Começamos a filmar ao fim de três horas de dança. Já estava tão exausta que nem sabia bem o que estava a dizer e, quando estou cansada, a tendência é para começar a dizer asneiras, como podem ver. 

Este foi o último dia de ensaios antes da gala e estava toda a gente no Jazzy. Tivemos de ensaiar e fazer as últimas provas no guarda-roupa e todos os bailarinos que iam atuar estavam no estúdio para ensaiarmos as coreografias de entrada e de saída, que apresentámos em conjunto, como viram no programa de domingo à noite. Um verdadeiro aparato onde há tempo para lancharmos, conversarmos e convivermos, que, para mim, é fundamental.

Claro que no meio de toda esta brincadeira há a parte mais importante que é manter o foco e ter nos meus ombros a responsabilidade de corresponder às expectativas. Às minhas, às do André, que foi o meu par nesta aventura, e às vossas também, que nos viram atuar. E vocês sabem o quanto gosto de estar focada, mas claro que também preciso dos meus momentos de gargalhadas e de adrenalina. 

No final, senti-me muito feliz por ter participado mais uma vez no “Dança” e por ter tido a oportunidade de voltar a ver toda esta equipa maravilhosa, de quem já tinha tantas saudades. Mas, malta, se querem mesmo ver como é que se ensaia uma coreografia ao longo de uma semana, vejam o vídeo para perceberem tudo.

IMAGEM E EDIÇÃO

Samuel Costa

Temos de acordar e juntarmo-nos a causas que ajudam a melhorar o mundo. É o nosso dever

Temos de acordar e juntarmo-nos a causas que ajudam a melhorar o mundo. É o nosso dever

Senti-me muito nervosa, mas vivi um dos melhores dias da minha vida

Senti-me muito nervosa, mas vivi um dos melhores dias da minha vida