sidemenu-retrato-IAIS.png

Malta!

Bem-vindos ao I am Isabel Silva. Escrevo sobre a minha vida, os meus alimentos, as minhas corridas, o meu Caju. Espero que desfrutem.

Vídeo. Como a KryoCápsula me ajuda a recuperar e a manter o peso em apenas 3 minutos

Vídeo. Como a KryoCápsula me ajuda a recuperar e a manter o peso em apenas 3 minutos

Há quem ache que a crioterapia é só para desportistas. Não é. São só 3 minutos mas servem para recuperar o corpo, perder peso e até tratamentos de beleza. Eu explico tudo.

A crioterapia não é uma novidade para mim. Já conhecia o conceito, mas nunca tinha experimentado. Lembro-me de após vários treinos de preparação  mais intensos para provas ter pensado:“IncríBel mesmo era uma sessão de crioterapia para estas pernas ficarem como novas”. Mas não me recordo até de existir um local em Lisboa onde o pudesse fazer. 

Mas o que é isto da crioterapia? De forma simples e resumida, é uma técnica/terapia que utiliza o frio para recuperar o corpo, para aliviar dores, para acelerar o processo de recuperação de algumas lesões, mas que também pode ser usado como forma de perder peso ou melhorar o aspeto geral da pele. O tratamento que faço, a Kryo Cápsula, dura três minutos. Apenas três minutos. É o suficiente. Basicamente, entro para dentro de uma cápsula onde há uma redução drástica da temperatura e a cápsula atinge temperaturas até -160 graus. Uau! Isto vai acelerar o processo de recuperação muscular, alivia dores e inflamações e com isso acaba por aumentar o meu desempenho físico sobretudo quando estou a correr. 

WhatsApp Image 2018-01-19 at 11.57.25.jpeg
WhatsApp Image 2018-01-19 at 11.51.17.jpeg
WhatsApp Image 2018-01-19 at 11.52.15.jpeg
 

Mas o melhor é mesmo informarem-se bem, porque a crioterapia é todo um mundo de soluções e oportunidades e serve para tanta coisa que o é preferível irem até ao site Kryo Clinics para ficarem a entender melhor o conceito. No vídeo que fiz, a Alexandra explica em pormenor as vantagens deste tratamento.

Ainda me lembro de como é que me meti nisto. Quando a clínica abriu em Lisboa, fui convidada a ir experimentar. Para mim foi a melhor notícia do mundo, não só porque há muito tempo que queria muito experimentar a crioterapia, como naquela altura estava lesionada. Não estava a passar uma fase boa. Embora possam não achar, também eu tenho momentos em que me vou abaixo. Cada um vive/lida com os meus problemas de diferentes formas. Há coisas muito piores. O que estava a passar, graças a Deus, não era grave, mas desafiava a minha paciência. Mas felizmente ultrapassei tudo, e na parte física não tenho dúvidas de que tive uma ajuda muito grande da crioterapia.

Também por isso, e ainda falando da Kryo Clinics, queria só acrescentar que eu gosto de pessoas. Gosto de afetos e amo ser gostada para poder dar, amar, beijar e abraçar do jeito que estes atos merecem. Sinto-me muito bem com estes tratamentos – fico mais desperta, mais leve e mais “pura” (há coisas que só mesmo experimentando). Mas a implementar esta técnica está uma equipa, uma família que eu já ganhei. Malta, eu adoro o ritual na Kryo Clinics. Vou sempre 15 minutos antes para estar à conversa e no final bebemos um cházinho e rimo-nos muito. A Kryo deixa-me assim, também. E é isto que a gente leva desta Bidinha, pessoal.

 

Edição de Samuel Costa

 
Maratona de Berlim, dia 1. Quando percebi que algo não estava bem

Maratona de Berlim, dia 1. Quando percebi que algo não estava bem

Esta é a energia que me alimenta

Esta é a energia que me alimenta