A Páscoa é com o Caju

 

Sempre um para o outro

Temos a família no Norte! Este fim-de-semana podia estar em Santa Maria de Lamas com os pais, avós, tios e primos... só que não. Na verdade, mais importante do que celebrar épocas festivas, é passar tempo de qualidade com os “meus”, independentemente da altura do ano. Tenho agendado para hoje uma sessão de autógrafos em Évora (a respeito do meu lindo LIVRO. Podes saber mais aqui) e, por essa razão, não consigo estar à mesa com a minha família. Porém, para a próxima semana lá estarei. E com mais tempo para estar, simplesmente. E o facto de estar, com mais qualidade, é o que mais importa! Fácil. 

O Caju concorda. Só não dispensa a minha companhia. E eu a dele! Estamos sempre juntos. E cada vez mais unidos. Não sei bem explicar este sentimento que nos une... só consigo sentir. 
Temos estado pelo Algarve estes dias... demos uma sessão de autógrafos no Supermercado Apolónia da Lagoa e daqui a pouco arrancamos para Évora. No entanto, temos sempre tempo reservado para nós. Fomos à praia, passeámos por Lagos e Faro, reencontrámos amigos, dormimos sem despertador (só esta noite, por acaso), comemos ao mesmo tempo... e por falar em tempo... perdemo-nos nele no que toca aos mimos que trocámos. 

O Caju é AMOR! E sinto que este moço precisa cada vez mais de mim. Pertence-me e estou certa que ele adora esta ligação. E é esta ligação que nos torna família... e assim não custa tanto, hoje, não estar em Santa Maria de Lamas...

A verdade é esta: nunca pensei sentir tantas “coisas” fortes por esta “pessoa”... e quando vamos de férias este sentimento fica mais “à flor da pele”. As nossas férias acabam hoje à noite. 

“E eu só espero, Caju, não ter a neura de segunda feira”. 

Esta sessão de fotos foi captada pela Laura. Estávamos a lanchar e eu desci ao final do dia, como é habitual, para passear o Caju. Agora ele anda numa onda de “peitorais”. Ele gosta e, para além disso, fica super elegante. Este é lindo (da Dogswish)! Tipo, monocromático, a combinar com o tom de  caju, e do Caju. Demos duas voltas ao quarteirão... depois de uma manhã muito agitada. No final, ele já só queria “colinho”! Mimalho! Deixa ser. Eu adoro!

 
 

FOTOGRAFIA DE Laura Fontoura