"Comàssim" dizer não a um TOMATE?!

 

Queres Chucha, Cereja, Maçã ou Coração de Boi?

Não sei dizer qual o tomate que eu gosto mais. Esta é a altura deles e realmente o sabor, agora, é muito mais irresistível . Principalmente quando falo dos tomates da minha Quinta. A Quinta do Arneiro. Todas as semanas eu encomendo um cabaz personalizado: sou eu quem escolho os legumes, as frutas e os produtos da mercearia. Agora, quantas e quantas vezes eu não me esqueço de encomendar o Cabaz? Várias!! Sou um um bocadinho "cabeça no ar", de maneira que acabo por me lembrar de fazer a encomenda depois da data limite (no meu caso, até segunda-feira às 9h00 da manhã). MAS, a cena incrível da Quinta é que, caso te esqueças (e na altura da inscrição eu validei esta opção), eles entregam sempre o Cabaz da Semana!!! E nos últimos tempos, se há coisa que não falta no Cabaz, são precisamente TOMATES!!! De todas as variedades e com sabores distintos: uns são tão doces que parecem... Os morangos da Quinta, vá! Verdade! Por exemplo, o chucha é muitas das vezes o meu snack da tarde. É como o tremoço – entretem. Bom... Adiante.

 
 

Sopa de tomate, salada algarvia (tão booommmm!!!! Tomate, cebola e oregãos... É só IncríBel), molho de tomate, gaspacho (é verdade, podem espreitar a receita de gaspacho que fiz com a minha querida Iara Rodrigues aqui), tomate "com simples" (uso esta expressão só para entenderem o meu sentimento por este ingrediente. É tão bom que faz o "festum" sozinho), tomate desidratado... Enfim, basta soltar a criatividade e ideias na cozinha não vão faltar. 

A pensar no tomate e na frescura do Verão, deixo-vos aqui uma das bases que mais consumo nesta altura. Agarras na curgete e transformas em noodles – malta, comprem um espirilizador, se for elétrico melhor ainda. Para além de dar outra textura ao legume, o prato fica muito mais bonito. Podem espreitar o meu na minha receita da Vegan Bowl. E depois, agarrei no ingrediente principal deste artigo e fiz este molho, que é só aquela loucura que dá vontade de repetir vezes sem fim. Mesmo!! Não acreditam? Então façam. Comam. E depois agradeçam aqui à amiga.

 
 

Noodles de Curgete com Molho de Tomate Raw

faz 400ml de molho // 15 minutos


INGREDIENTES

3 tomates maduros
1/4 cebola pequena
1 pimento vermelho
4 pedaços de tomate desidratado (de frasco)
3 dentes de alho
10 folhas de manjericão fresco
1 colher de sopa de molho de tomate caseiro Quinta do Arneiro
1 colher de chá de oregãos secos
1/2 colher de chá de sal marinho
1/4 colher de chá de pimenta preta

1 curgete espiralizada

MÉTODO

  1. Lavar bem o pimento, retirar as sementes e cortar em pedaços grandes.
  2. Lavar bem os tomates, cortar em 4 partes e remover todas as sementes.
  3. Descascar a cebola e os alhos.
  4. Colocar todos os ingredientes na liquidificadora e triturar até formar um molho homogéneo.
  5. Servir molho a gosto sobre os noodles de curgete.
  6. Verter o restante molho para um frasco e reservar no frigorífico durante um máximo de dois dias.
 
 

Obrigada à quinta do arneiro pelo cabaz.

Fotografias de André Nogueira