Quis a Primark que desta vez fosse... ESCALADA!!!

 

Tudo controlado. Tudo seguro. Tudo divertido.

Clarooooo!!!!!! A pessoa gosta de desafios, mas na primeira vez há que ir com cautela. Melhor: há que arriscar, sim; mas de forma segura e garantir, em primeiro lugar, que queremos repetir. Para isso, convém a primeira experiência ser positiva. E foi. Muito positiva. E muito, também, por culpa do Vertigo Climbing Centre.

 
 

A chegada

Um espaço, apesar de fechado, super luminoso. Mal entras, és logo surpreendido com um bar espaçoso, com uma ementa muito interessante (tudo fit e para todos os gostos) e uma playlist cheia de "boa vibe". E por falar em boa vibe, convém, MENINAS, comentar os instrutores – é que nota-se logo que são da escalada – muita saúde nessa hora e, claramente, proporcional à simpatia e profissionalismo. Ora, a vossa amiga Isabel está lesionada na zona da lombar (depois da prova dos Sinos, no domingo passado, senti uma certa "pontada" que agravei com uma das minhas corridas semanais), o que significa que não podia, de todo, "armar-me ao pingarelho" e pôr em causa a minha recuperação. Mas o que seria faltar a este encontro. Há que analisar sempre a melhor perspectiva "da coisa".

 
 

Não aguento os kits da Primark

Mesmo!!! São incríveis! À parte da roupa, que é sempre gira e "super tendência" (não estou a dar uma novidade), o que eu acho incrível é o facto da Primark realmente pensar naquilo que uma Fit Girl precisa. E tudo o que é preciso tem de ser em bom. E aqui destaco... As fitas do cabelo!!! Sim!! Não são apenas giras. São mesmo práticas e ficam bem agarradas ao nosso cabelo. Fiquei doida com o fato de treino: adoro conjugar azul escuro com o bebé. E confesso que este bronze de corredora torna todo o "outfit" bem mais interessante. Pah... Uma botija toda beijoqueira deixa sempre a desejar. Não é?!

 
 

A Mia e a Anita deram 10 a 0

Elas dominaram completamente. Eu aplaudi. Elásticas as moças... Eu não tenho tanta flexibilidade quanto elas, mas tenho muito trabalho de força neste corpinho. Portanto, e apesar do Tiago e do Martim (os tais instrutores... tipo...) terem dado uma ajuda, eu aguentei-me firme. E em bom. Não acham? Acho que as fotografias dão a entender isso mesmo! Quero convencer-me disso.

 
 

Foram 2 horas que passaram a voar.

E fiquei com o "bichinho". Principalmente porque não consegui arriscar da forma desejada (pela minha lesão) e porque vi a Anita e a Mia em acrobacias que eu também queria fazer. E não fiz. Mas também já avisei o Tiago:

"Olha, vou voltar!!! E inicio aqui a escalada mas espero, depois, aventurar-me na e com a natureza".

Sim, eles organizam tudo. Para quem tem medo das alturas, este é um remédio infalível. Por outro lado, para quem gosta de se desafiar, subir árvores ou falésias, este espaço é o indicado. 

 
 

Quis a Primark desafiar-me. E este foi o último...por agora!!

E há que praticar o elogio, de coração!! Foram 3 momentos de pura diversão, três momentos desafiantes e sobretudo enriquecedores – conheci pessoas incríveis das mais diversas áreas (estou a falar, não só da Mia e da Anita, como de toda a equipa da Showpress e todos os instrutores das várias modalidades. Mais, em jeito de conclusão: a linha Workout é Power!! 

Nunca dei atenção à linha de desporto da Primark. Uma pena ter andado distraída este tempo todo. Mas nunca é tarde. Ehehehehe só partilho aquilo em que acredito. Há de tudo, para todos os gostos. E nesta linha encontrei uma série de produtos que me "encaixam como uma luva".

 
 

Fotografias de Tomás Monteiro

Este post foi patrocinado pela Primark.